segunda-feira, 5 de julho de 2010

Oposição vence eleição em Oaxaca, México

Para quem não sabe ou não lembra uma revolta popular sacudiu o estado de Oaxaca no sul do México. Criou-se lá, em fins de 2006, a Assembleia Popular dos Povos de Oaxaca, experiência de autogoverno popular que enfrentou o poder constituído. 

As barricadas, o trabalho nas rádios, a luta do povo oaxequenho soou como um grito de liberdade no país conhecido por estar tão longe de Deus e tão perto dos EUA.

A mobilização foi massacrada pelo Exército. Jornalistas estrangeiros, como Brad Will, foram assassinados. O estado governado há 80 anos pelo direitista PRI - Partido Revolucionário Institucional.

Abaixo reproduzo notícia da jornalista Lúcia Rodrigues, da Caros Amigos, enviada especial a Oaxaca. Deixo aqui o link de uma matéria da AFP de hoje em que o PRI anuncia vitória nas eleições regionais. 


Oposição vence eleição em Oaxaca
Resultado oficial deve ser divulgado nesta quarta-feira, 07; com 87,37% das urnas apuradas, Gabino Cué segue a frente com 50,23% dos votos





O candidato a governador pela coalizao de oposicao de Oaxaca, Gabino Cué, venceu as eleicoes que ocorreram neste domingo, 04.Todas as pesquisas de boca de urna apontam a vitória oposicionista por uma larga diferenca. Com 87,37% das urnas apuradas até o momento, Gabino segue a frente com 50,23% dos votos. O candidato do PRI (Partido Revolucionário Institucional), que governa o Estado há 80 anos, Eviel Pérez Magaña recebeu 41,83%.  





O comparecimento de 55,6% dos eleitores às urnas foi determinante para a vitória da oposicao. O percentual é considerado alto para os padroes mexicanos. No México o voto é facultativo e o PRI sempre se valeu do baixo comparecimento da populacao às urnas para ganhar as eleicoes. Mais tres partidos disputaram a eleicao. Juntos obtiveram em torno de 5% do total de votos, 3,23% dos oaxaquenhos anularam seu voto.





Gabino Cué assume o governo do Estado no dia 01 de dezembro. No discurso realizado em uma das principais pracas de Oaxaca, logo após a divulgacao das pesquisas de boca de urna, Cué afirmou para milhares de pessoas que sua administracao nao pode falhar. "Hoje é um dia histórico para Oaxaca. Os cidadaos disseram que nao queria mais continuar vivendo da mesma forma. A mudanca ocorreu, devemos estar em festa. Os protagonistas dessa vitória sao os homens e as mulheres e a melhor forma de agradecer é fazer um bom governo."





A coalizao que deu a vitória ao economista Gabino Cué é  formada por quatro partidos (dois de esquerda: Partido da Revolucao Democrática e Partido do Trabalho, um de centro: Convergencia e um de direita, Partido da Acao Nacional).





Os oaxaquenhos também escolheream 152 prefeitos e deputados estaduais, mas o Instituto Estatal Eleitoral de Oaxaca ainda nao divulgou os resultados. Além dos oaxaquenhos, eleitores de 13 Estados mexicanos também elegeram governadores neste domingo.

Nenhum comentário: