quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

2012 já começou


Longe de ser o melhor dos dias é, enfim, o dia de retomar o Rodomundo.

Essa vida de escrever diariamente sobre os fatos do mundo, do país, do pago ou da vida é difícil, cansativa.

Valorizo muito quem consegue alimentar seus blogues e veículos diariamente. Claro que vários são remunerados para isso, é a sua profissão. Também escolhi essa profissão, mas as demais atividades que me dão muito motivo para escrever, me cansam muito e eu não consigo.

Chega das insuficiências e lamentos. Aos planos.

Ano olímpico me deu vontade de retomar a parceria com o Israel Dutra e fazer alguns especiais sobre Jogos Olímpicos, política, cultura e história. Como fizemos sobre as Copas do Mundo.

Outra coisa é utilizar o Rodomundo com o objetivo da sua criação, ou seja, contar as viagens que eu tenho feito. Já se vão seis meses na diretoria da UNE, várias viagens, bons episódios e nenhum relato.

Este é um ano eleitoral. Além de usar o blogue como plataforma para as ideias do PSOL e da esquerda socialista, cabe também apontar os problemas dos adversários, sejam candidatos das elites ou os traidores do povo.

Independente do que venha a acontecer com o Rodomundo neste ano reitero a pressão que o amigo e camarada Guilherme Andreis me faz para que eu o mantenha vivo.

Afinal, agora sou um jornalista formado, diplomado, reconhecido pelo Estado e... desempregado como jornalista. Coisas da vida.

Tenho também que cumprir a promessa que fiz ao Douglas Freitas de expor ao mundo a minha opinião sobre o excelente Bastião, jornal/revista que ele edita com uma equipe de fabicanos, da qual sou leitor assíduo.

Já chamaram para o embarque. Graças a deus não vou de webjet!  

Nenhum comentário: